Fitopatologia e Herbologia

Proteção de Plantas

Fundação MT

Fitopatologia e Herbologia

Proteção de Plantas

É um dos setores da área de Proteção de Plantas da Fundação MT, criado com o objetivo de atuar no manejo fitossanitário das culturas, especialmente soja e algodão, e desenvolver soluções de manejo integrado e químico, visando o controle de doenças e ervas daninhas. O setor objetiva, ainda, auxiliar os produtores e profissionais da área técnica no manejo e uso racional das tecnologias, levando em consideração as boas práticas agrícolas.

O setor desenvolve pesquisa com fungicidas e herbicidas nas culturas de soja, milho e algodão; atua no codesenvolvimento de produtos e novas tecnologias; na prestação de serviços em parceria com empresas de defensivos agrícolas, adjuvantes, fertilizantes foliares e sementes; realiza eventos de difusão técnica para produtores e empresas parceiras; e recomendações de manejo fitossanitário para as culturas de soja, milho e algodão.

O trabalho contempla diferentes regiões do estado de Mato Grosso (Médio Norte, Parecis e Região Sul) e as atividades são desenvolvidas por meio de protocolos de pesquisa solicitados por empresas parceiras (prestação de serviços), produtores e instituidores da Fundação MT, além de pesquisa interna e independente.

Bases de Pesquisa no Estado de MT:

Números anuais

Campos experimentais: 110 hectares

Tratamentos avaliados, entre fungicidas e herbicidas: 800 (em média)

Experimentos resultantes: 350 (em média)

Contribuições:

Com a criação do setor de Fitopatologia & Herbologia, os ganhos para a agricultura de Mato Grosso, particularmente nas culturas de soja e algodão, contemplam inúmeros fatores, como o melhor posicionamento de fungicidas e herbicidas nessas culturas, e o auxílio aos produtores do Estado e de outras regiões do Brasil no manejo de doenças de difícil controle, como a Ferrugem asiática, na soja, e Ramulária, na cultura do algodão.

O setor é destaque também na participação em diferentes grupos de pesquisa liderados pelas empresas multinacionais, grupos de caráter técnico e político, como a Comissão de Defesa Sanitária Vegetal de Mato Grosso e Comissão de Reavaliação de Fungicidas e possui contribuição em aspectos legais como o Vazio Sanitário da Soja e do Algodão.

Contatos:

Fabiano Siqueri: Gestor Proteção de Plantas
fabianosiqueri@fundacaomt.com.br

Ivan Pedro: Coordenador Fitopatologia e Herbologia
ivanpedro@fundacaomt.com.br