Fundação MT

Em Itiquira: Evento da Fundação MT apresenta cultivares, máquinas e pesquisas inovadoras

Os produtores da Região Sul de Mato Grosso terão a oportunidade de conferir as práticas e novidades que podem fazer a diferença na próxima safra nos dias 30 e 31 de Janeiro, quando será realizado o evento Fundação MT em Campo no município de Itiquira. 


Mais do que um Dia de Campo, o evento promovido pela instituição vai apresentar os resultados de estudos focados nos desafios e soluções ideais para as lavouras do Mato Grosso. 


Além das apresentações, o evento também conta com vitrine de cultivares de soja e realização de dinâmicas de máquinas da Jacto e Horsch. 


Melhor maneira de aplicar fósforo


Um dos destaques do evento será a apresentação dos resultados de uma pesquisa que compara os modos de aplicação de fósforo nas culturas de soja e milho safrinha ao longo de 10 safras. Os pesquisadores vão mostrar a análise comparativa do desempenho dos modos de aplicação via sulco de plantio ou em superfície, inclusive considerando período de poucas chuvas, já que na safra 2019/2020 houve deficiência hídrica intensa. O resultado será apresentado pelo pesquisador Fábio Ono.


“Nesta safra 2019/2020, houve pouca chuva na região de Itiquira, ocorrendo alguns períodos com altas temperaturas e déficits hídricos, principalmente nos meses de dezembro e início de janeiro. É muito questionado pelo público em geral que a adubação fosfatada a lanço teria baixa eficiência agronômica em anos mais secos. Este ensaio que vamos apresentar é único no estado, e o produtor poderá ver a campo, no evento, o desenvolvimento da cultura da soja quando adubada com fósforo no sulco de plantio e quando adubada a lanço, em um ano com falta de chuva”, explica Fábio Ono.


Controle de Pragas e doenças


A pesquisadora Lúcia Vivan, que atua na área de Entomologia, vai analisar o cenário atual do manejo de lagartas na cultura de soja, apontando as novidades e soluções mais eficazes na prática.


E o Nematoide de Cisto será tema da apresentação dos pesquisadores Rosângela Silva e Franklyn Guimarães, que vão abordar a influência do sistema de produção, acidez do solo e outros fatores relevantes no controle da praga. No evento vai ser possível visualizar como o sistema de produção é potente para permitir a convivência com nematoide de cisto mesmo com pH elevado.    


Apresentações técnicas


Rotação de culturas, atividade microbiana e enzimática no solo e uso de trincheiras para avaliação das raízes de soja também serão temas de palestras técnicas durante o evento. Integram ainda o quadro de palestrantes os  pesquisadores Ieda Mendes, Anderson Bergamin e Eros Francisco.


Entrada Gratuita


O evento será realizado no CAD SUL (Centro de Aprendizagem e Difusão da Fundação MT), na Fazenda Cachoeira, em Itiquira, nos dias 30 e 31 de janeiro a partir das 7h.


A entrada é gratuita e a inscrição deve ser feita pela internet. 


Participe: https://www.fundacaomt.com.br/fmt-campo-2020-inscricoes/


APOIO:


As empresa que investem em inovação e estão patrocinando o evento são: Syngenta, Yara, Corteva, Basf, UPL, FMC, Albaugh, Jacto, Ihara, Oxiquimica, TMG, Agronelli e Bayer.


Estão na vitrine de cultivares as marcas: Cordius, Credens, HO Genética, Embrapa, LG Sementes, SoyTech Sementes, Monsoy, Nidera, Syngenta e TMG.