Fundação MT

Cuidar para Colher é tema da nova rodada de palestras da Fundação MT

O É Hora de Cuidar 2017, evento de palestras da Fundação de Apoio à Pesquisa Agropecuária de Mato Grosso (Fundação MT), inicia no dia 27 de novembro e passa por 10 cidades do Estado até o dia 8 de dezembro. O tema desta edição - Cuidar para Colher -, chama a atenção do produtor para o cuidado da lavoura, pois manejo bem feito nunca é demais. Os eventos, gratuitos e com inscrições na hora, vão abordar sobre nematoides, pragas e tecnologia de aplicação.

Os especialistas estarão em Sorriso (27/11), Lucas do Rio Verde (28/11), Diamantino (29/11), Campo Novo do Parecis (30/11), Sapezal (01/12), Confresa (04/12), Canarana (05/12), Primavera do Leste (06/12), Campo Verde (07/12) e Alto Garças (08/12). Os eventos iniciam com coffee às 18h30 e, em seguida, às 19h, começam as palestras.

A pesquisadora da Fundação MT, entomologista Lucia Vivan, vai levar o tema “Pragas: integração de estratégias para melhores resultados”. Ela explica que o momento é de atenção e acompanhamento das lavouras para realizar os controles e escolher as melhores ferramentas de acordo com o problema e no início das infestações. “O monitoramento é a chave para identificar o problema e tomar decisões, pois doses e produtos podem diferenciar em relação a qual praga está presente”, reforça.

Além disso, completa a especialista, é fundamental também o acompanhamento após a aplicação para verificar a eficiência de controle e a necessidade de reaplicação, dependendo da pressão da praga. Durante o É Hora de Cuidar, o produtor poderá se atualizar em relação ao manejo das principais pragas como percevejos, mosca branca e lagartas. “Ele vai entender como posicionar produtos biológicos para os diferentes alvos que ocorrem na soja e saber quais são os controles mais efetivos para as diferentes pragas”, destaca.

Nematoides também é dos assuntos que mais preocupam o produtor de soja e a nematologista Rosangela Silva, da Fundação MT, estará presente com a palestra “Manejo de nematoides no sistema de produção”. Rosangela pontua que nesse momento, que boa parte da oleaginosa está instalada no campo, a abordagem do tema será sobre a importância de reconhecer o problema nas áreas de produção. “Vamos apresentar algumas alternativas de manejo e falar dos principais nematoides na cultura da soja e nas culturas de cobertura”, ressalta.

O professor Ulisses Antuniassi, titular do Departamento de Engenharia Rural da Unesp (Botucatu/SP), completa o time de palestrantes do É Hora de Cuidar, com o tema “Pulverização: entendendo o papel das pontas na tecnologia de aplicação”. As informações completas da rodada de eventos estão disponíveis em https://www.fundacaomt.com.br/evento/e-hora-de-cuidar-2017.